domingo, 21 de dezembro de 2008

Momento meu de saudade!


A solidão
Esconde você
E nela, tua voz
Posso ouvir,
Em delírio,
teu cheiro chego a sentir...
Mas, por vezes
Ela é fatal
Trás recordações
Que me fazem mal
Se nela eu te vejo
Nela, te perco
Tudo sempre igual.
Nas horas incertas
Ela me possui
Rouba o brilho
Dos meus olhos
Faz negro
Meu céu azul...
Mas quanta ironia;
Ela me faz renascer
Em poesia.
(Sirlei L. Passolongo)
Te amo meu amor!
Não vejo a hora de te ter novamente!
Ai gurias, desculpem o desabafo, maridão tá nos States e só volta em março, não tá sendo fácil!
Beijos e boa semana!!

Um comentário:

Laurinha disse...

Oie!!! Que poesia linda ... É a mesma autora do brilho da lua, né?

Não esquenta, falo por experiencia própria (4 meses longe do Alex quando ele tava fazendo mestrado), que a saudade é ruim no início e no final, quando ta perto da volta. No período do meio vais chegar ter dor na consciencia (eu tive!!) quando te deres conta que tu és uma ótima companhia pra ti mesmo!!!!

Te amo muito e não vejo a hora de te ter aqui em Ubatuba!!!! Hoje acho que acerto o barco pro passeio!! Muitos planos ....

mil beijos
Laurinha