quinta-feira, 13 de maio de 2010

Cigarrets never more!!!!!!!!!!

Sempre acham que médico não fica doente, que médico não é paciente,que médico não tem fraquezas ou vícios. Mas todo mundo sabe que médicos são seres humanos como qualquer outro. Escrevi isto pra me legitimar, pois era tabagista há 16 anos!! Hahahahahahahaha!!!!!!!!!!!! Será que consegui??? Huahuahuahua!!!!!! Tomara!!!!
Mas enfim, venho hoje contar minha experiência. Sempre tive total consciência, como médica, de todos os males do tabaco, mas o prazer e a satisfação gerados pelo tubinho branco de papel, recheado de centenas de substâncias tóxicas e cancerígenas,que causam séria dependência como a nicotina, era maior do que qualquer peso na consciência ou culpa. Sugar sua extremidade e encher meus pulmões da fumaça de todo esse arsenal de toxinas não tem explicação!!!! É muito bom!!!! Prazer sem fim!!! Satisfação total!!!

Essa foto foi de um momento destes, de pura, prazeirosa e feliz insanidade!!!!!! Catei no meu arquivo de fotos e por ser uma boa fumante, achei várias, mas escolhi esta, porque ela  transmite bem a face de satisfação plenamente burra e feliz do momento. Olhinhos chegam a brilhar. Eu gosto de verdade de fumar e vou gostar sempre, mas escolhi por não mais. Prazeres melhores virão! Assim espero!!! Hehehehe!!!!!!!

Mas enfim, coisas  como esta não me pertencem mais!!!!!!!!
Sempre tive claro que algum dia eu teria que parar, e como não gosto de aprender com coisas ruins, prefiro aprender antes delas acontecerem, antes do susto chegar, sabia que este dia de parar estava próximo. Me conhecendo, sabia que jamais conseguiria de uma hora pra outra, teria que ter um tempo pra me preparar psicologicamente, embora todos digam o contrário. Então, há um ano, em março de 2009, decidi que teria 365 dias pra me preparar. Comecei a correr diariamente, emagreci 10 kg, comecei a cutucar tudo isso dentro de mim na terapia e fumei feito louca esse ano inteiro. Hehehe!!!! Parece que meu inconsciente queria fumar de uma vez, tudo que não poderia mais fumar até o fim da vida. Enfim, chegou março e fui viajar, deixei pra volta. Em abril, comprei a medicação, o Champix, que bloqueia os receptores de nicotina no cérebro. Manda a bula que comece a medicação e marque uma data duas semanas depois do início do tratamento. Marquei e parei!!!!!!! Uhuuuuu!!!!!! O remédio funciona mesmo, achei que quando desse vontade de fumar, nada bastaria, mas basta sim, basta tomar água, chupar uma balinha, tomar um floral que a vontade passa, pelo menos por hora. Cada vez que entro na minha casa e sinto o perfume das flores ou dos produtinhos de limpeza que a Teresa usa, fico muito feliz! Meu carro tem cheiro de Vanilla!!!!! Tenho um sachê de baunilha que não tinha força suficiente pra vencer o budum da fumaça! Minhas mãos são perfumadas. Na verdade tem o lado ruim também!!!!!!! Desde que parei, ganhei no primeiro dia 5 kg, de pura retenção hídrica, pois minha alimentação não justifica esse ganho ponderal, e continuo correndo meus 40 minutos diários e cada vez mais rápido, pois estou me preparando pra corrida de inverno da Adidas. Não teria como ter engordado. Tenho dores fortíssimas nas pernas durante a corrida, como nunca tive antes, mas não deixo de correr, somente alongo mais vezes. Meu rosto tá cheio de espinhas. Resumindo, tô podre!!!!! Isto tá sendo muito pior do que não fumar. Sem falar na irritabilidade, oscilação de humor, carência e vitimização. Me sinto em muitos momentos a pessoa mais infeliz do mundo por não poder mais chupar a fumacinha branca e mágica que me fazia companhia nos momentos felizes ou não. Era meu companheiro nas horas boas e ruins, se eu estava feliz acendia um cigarro, se tava triste também, se tava nervosa, fumava, se tava calma aproveitava com um cigarrinho na mão. Talvez estes sintomas ruins que tenho, seja uma forma do meu corpo manifestar seu luto, pela morte de seu companheiro fiel. Isto parece brincadeira, mas é a pura verdade. Doença??? Claro!!! Tabagismo é uma doença emocional, da qual ainda não estou curada, mas em tratamento intensivo. E como qualquer pessoa em tratamento, com muita esperança e positivismo no coração. Algumas pessoas tem tido um papel fundamental neste processo. A elas toda minha gratidão e o meu carinho! Como é bom ter vocês na minha vida!! Preciso ser cuidada e tô sendo de uma forma suave e gentil. Sei que vou resistir, não vou sucumbir a todos esses sintomas, sei que vão passar. Mas juro pra vocês, que nunca mais na minha vida passo por isso de novo!!!!!!!!!!! Algumas pessoas me dizem: Tomara que tu consigas! E eu respondo que eu já consegui, acredite quem quiser, mas quem me conhece sabe, que já consegui coisa muito pior!!!!!


Bom gurias, só quis compartilhar com vocês um pouco deste momento difícil e grandioso da minha vida!

Beijocas e bom final de semana!!!!


9 comentários:

Laurinha disse...

Depois de enxugar as minhas lágrimas (de muita felicidade por ti!!) me recompus pra te escrever!

Os três meses depois da minha parada foram os piores da minha vida! Falta de ar como nunca, tosse, irritabilidade, falta de paladar, dor mas pernas, falta de resistência para o exercício! Vêm tudo junto e em dobro como uma avalanche tentando fazer tu desistires!!!
Mas isso também tem o lado bom! Quando dá vontade de fumar (porque vamos combinar, pra quem fumou por gosto, a vontade sempre vai existir!) me lembro de tudo que já resisti e resisto mais uma vez!

Mas vale muito, mas muito a pena!!!

QUE ORGULHO!!! Essa é a MINHA IRMÃ!!!

Força na peruca, Doc!
Te amo demais!!!
beijos com muita saudade ....

luciana disse...

Queriiiii
Tu és uma guerreira.Força aí amiga!!!
Beijoooooooo

Ricardo disse...

Dra Letícia. Muito bonito e verdadeiro o depoimento. Parabéns pela coragem por tomar esta atitude de parar de fumar. Que a Sra tenha toda a força de vontade para continuar em frente.
Parabéns.
Abraço.

vanessa disse...

Amigaaaa!!! Como tu consegues exprimir toda a trágica trajetória de uma ex-fumante com tanta veracidade? Incrível, digno da crônica de domingo...bem ali...na página do Veríssimo...hehehe.
Ameiiii.
Força pq isso é fichinha perto do que tu já conseguiste. Porque tu sabes que fracasso é uma palavra que não existe no teu dicionário.
Beijuuuu com muita saudade.

Cesar disse...

Nunca mais MESMO!!!!!! Eu nem sabia que tu fumava, hehehe... Força guria, mais alguns dias tu nem vai mais sonhar com cigarros!!!! Bjos!

Daniele Sallaberry disse...

Parabéns! Muito bom o texto e emocionante a tua determinação. bjs

Angelita disse...

Maravilha!
Prá tudo tem um tempo na vida!
Este é o teu tempo de começar a respirar ar puro e desfrutar deste privilégio.
Adorei o texto, sobretudo quando falas sobre o sentir os perfumes. Vale a pena!
Tu já és vitoriosa!
Te amo!

Paulo Girardi disse...

Linda, que depoimento emocionante, duro, verdadeiro. És uma pessoinha incrível, lhe admiro e torço por ti, grande beijo!

Michele disse...

Drª Letícia,
PARABÉNS!!! Fico muito feliz de saber que conseguiste! Pois uma mulher tão bonita, inteligente, esperitualizada (tão tudo de bom) não podia continuar se fumando!!! Mas enfim, muita força, e estou torcendo por ti (para que todos as coisinhas ruins passem logo e que possa curtir MUIITTOOOO outros prazeres da vida!
Beijão
Michele